5 erros que você deve evitar na gestão de estoque

Tempo de Leitura 2 Minutos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Um simples erro na gestão do estoque de uma empresa pode gerar retrabalho, perda de produtividade e prejuízos que podem comprometer a saúde financeira do negócio. Apesar de essa ser uma área mais operacional, ela envolve uma parte considerável do capital de giro das empresas.

No artigo de hoje, vamos falar sobre os principais erros na gestão de estoque e como eles podem ser evitados. Confira agora!

Não realizar inventários periódicos

Os inventários periódicos ajudam a identificar erros e desconformidades no estoque. Quando eles são realizados em um intervalo de tempo menor, as causas das falhas são facilmente identificadas e, assim, o gestor consegue agir antes que as consequências tomem proporções maiores. Portanto, defina a periodicidade dos inventários e realize-os de acordo com o calendário!

Deixar de controlar o giro dos materiais

Isso pode fazer com que alguns produtos acabem ficando obsoletos ou percam a validade dentro do estoque, ocasionando grandes prejuízos para a empresa. O controle do giro do estoque, além de fornecer uma base para as compras futuras, permite que ele seja melhor organizado, para obter ganhos de produtividade.

Produtos com um giro maior devem ficar em locais mais acessíveis, enquanto itens com baixa saída podem ser colocados em alturas maiores ou mais afastados.

Não manter a comunicação com o setor de compras

Um dos grandes problemas que as empresas podem enfrentar é o excesso ou a escassez de mercadorias. Se, por um lado, o excesso satura a capacidade de armazenamento e pode provocar perdas, por outro, a escassez pode fazer com que a empresa perca receita, ao deixar de vender.

Para que esses problemas sejam mitigados, é preciso haver uma comunicação constante entre o setor de compras e os demais. Dessa forma, todos terão conhecimento sobre o giro dos materiais, quando eles devem ser comprados, com qual frequência e quais são as quantidades necessárias.

Realizar controles manuais

Os controles manuais são passíveis de erros, retrabalhos e perda de informações. O ideal é se invista na aquisição de um software, que ajude a controlar melhor o estoque e automatize as atividades da área.

Além de garantir maior confiabilidade e segurança na execução das tarefas, muitos deles permitem a geração de relatórios, que podem contribuir para uma análise mais aprofundada sobre a rotina de trabalho e, também, sobre como melhorias podem ser implementadas.

Não padronizar os cadastros

Para manter a organização do estoque, é fundamental que os itens sejam cadastrados com códigos, nomes e locação dentro do armazém. Mas um dos maiores erros cometidos nesse tipo de gestão é não padronizar os cadastros — o que acaba fazendo que um mesmo item seja cadastrado com dois códigos diferentes ou, ainda, em locações distintas. Isso pode causar furos no inventário e outros problemas.

Fazer um planejamento de curto, médio e longo prazo é fundamental para que os erros na gestão de estoque sejam evitados. Portanto, os gestores devem ficar sempre atentos e acompanhar de perto as atividades e problemas enfrentados por sua equipe.

Você já cometeu algum desses erros em sua empresa? Quais foram as consequências? Compartilhe suas experiências conosco através dos comentários!

Powered by Rock Convert

Não esqueça de compartilhar esse post!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no print
banner news

Siga a Mainô nas redes

Deixe um comentário

  Subscribe  
Notify of

Obrigado por se cadastrar!