Ícone do site Blog Mainô

Comex: Universo a ser Explorado

Apesar de fazer parte do nosso cotidiano, muitas pessoas desconhecem o que é o comércio exterior e o que faz um profissional de comex. Outras, mesmo conhecendo a área, ficam em dúvida sobre onde podem atuar e acabam desistindo da carreira, mesmo antes de iniciar. 

Conhecer tal atividade é fundamental para entender o andamento da nossa economia e das relações entre os países. 

E se você pensa em atuar no ramo, saiba que é uma das áreas que mais cresce atualmente. Mas como qualquer carreira, necessita de uma decisão acertada. 

Quer saber mais sobre o comércio exterior e atuação do profissional da área? Então, siga lendo este artigo!  

Comex: O que é? 

É claro que, para entender o que faz um profissional de comércio exterior e onde ele pode atuar, primeiro precisamos saber o que é comércio exterior. 

O comércio exterior, de forma resumida, consiste na troca de bens e serviços de um país para outro. Dentro disso, existem diversos procedimentos e regras a serem seguidos. 

Mesmo que o comércio internacional venha de séculos, vide o comércio pela Rota da Seda, ele só teve seu real crescimento com o avanço da tecnologia e o fenômeno da globalização. A maior integração permitiu a troca de bens comerciais entre fronteiras, o que impactou a todos os setores da sociedade, desde a economia até as questões sociais.

Desde então, o comex, como é apelidado, sofreu mudanças para que sua realização fosse possível e de maneira regulamentada. O resultado disso é a necessidade cada vez maior de profissionais especializados em diversos setores, como tributário, financeiro, comercial e aduaneiro. 

Por isso, vejamos agora algumas áreas nas quais o profissional de comércio exterior pode atuar. 

Quais as áreas de atuação?

O profissional de comércio exterior conta com uma gama de áreas e subáreas às quais ele pode atuar. Dentro dos processos de importação e exportação, temos diversas necessidades e contar com um profissional qualificado é importante para o andamento das tarefas. 

O curso de comércio exterior nas faculdades engloba em sua grade curricular disciplinas de Estatística, Economia, Negociação, Logística, Contabilidade e Legislação. Entretanto, ir para além do estudado na graduação é essencial para se destacar. Especializações e cursos de idiomas são fundamentais e, às vezes, até mesmo obrigatórios.  

Estar sempre antenado nas atualidades do Brasil e do mundo também é extremamente importante. Acompanhar como anda a economia, as relações entre os países, a política é um papel do profissional de comex. Tudo isso está interligado e pode afetar nas trocas comerciais e nas negociações. 

Como você já deve ter compreendido, o profissional de comércio exterior, portanto, pode atuar desde a análise do cenário internacional até o despacho aduaneiro, quando é liberada a entrada ou saída de uma mercadoria de um determinado país. 

Separamos algumas áreas de possível atuação para te ajudar nessa jornada, veja a seguir: 

Importação

A Importação é um dos processos mais importantes de todo o comércio exterior. Ela consiste na entrada de bens e serviços de um país para outro. Por exemplo, a compra de produtos da China e sua posterior entrada no Brasil se configura como uma importação. 

Neste artigo não iremos nos estender no tema em si, por isso recomendamos nosso guia completo sobre importação

Como tal processo possui diversas fases e procedimentos, são muitos os profissionais que trabalham para garantir o bom andamento da importação. 

O analista de comércio exterior, por exemplo, organiza e supervisiona a viabilidade da importação. Assim, tal profissional fica responsável por analisar mercados, custos, tributos, atua na negociação e na elaboração de estratégias. 

Já o consultor de comércio exterior trabalha para auxiliar empresas na negociação internacional e na busca de novos clientes. Ele também faz cotações e estuda o preço de venda dos produtos. Alguns consultores também auxiliam no processo enquanto um todo, servindo como um instrutor. 

O agente de cargas também é um profissional muito importante, pois é ele quem lida com toda a documentação necessária para o embarque da carga. Ele também organiza a logística do processo, realiza pagamento de taxas, dentre outros. 

Exportação

A exportação, bem como a importação, também é um dos principais processos do comércio exterior. Ao contrário da importação, a exportação é a saída de um produto ou serviço de um país para outro. Ou seja, quando a soja sai do Brasil e é enviada para a China para ser comercializada, isso se configura como uma exportação brasileira. 

Assim como na importação, o profissional de comércio exterior possui uma extrema importância na exportação. As carreiras são basicamente as mesmas, mudando apenas o tratamento que o profissional dará. Portanto, se na importação o analista observa a possibilidade e atua como intermediário do importador, na exportação ocorre o mesmo com o exportador e com o processo em si. 

Entender o processo de exportação permitirá que você entenda também os profissionais necessários para tal. Por isso, sugerimos a leitura de nosso artigo sobre as etapas e procedimentos da exportação.

Despacho Aduaneiro

O despacho aduaneiro é um processo obrigatório exigido pela Receita Federal para todas as importações e exportações ocorridas. É no despacho aduaneiro que há a verificação dos documentos, dos dados declarados e pagamento de tributos necessários conforme a legislação vigente. 

O profissional qualificado para realizar este processo é o despachante aduaneiro. Ele, com a autorização de importador ou exportador, se encarrega de apresentar na alfândega, e em outros órgãos, a documentação necessária para a realização do processo. Assim, esse profissional desempenha um papel que envolve muita burocracia e particularidades. 

Esse serviço é complexo pois permeia diversas áreas que vão desde logística até comercial. Por isso, o despachante aduaneiro, apesar de não ter sua graduação própria, pode e deve se especializar com o que temos no mercado hoje. As empresas privilegiam aqueles que possuem formação, devido a complexidade do trabalho a ser desempenhado. 

Caso queira saber mais sobre o trabalho de um despachante aduaneiro, não deixe de conferir nosso artigo sobre o despachante 4.0.

Logística Internacional 

A logística Internacional refere-se às atividades relacionadas a logística, que englobam desde o armazenamento dos produtos até a entrega do mesmo, em um âmbito internacional. 

Trabalhar com esta parte estratégica das empresas de comércio exterior não é fácil. Ainda mais porque é necessário respeitar e seguir as regulamentações de ambos os países envolvidos. 

Os profissionais de comércio exterior também entram nessa complicada missão. O especialista em logística internacional, ou operador, determina o modal a ser utilizado, confere o fluxo de embarque e desembarque, pesquisa os melhores preços, dentre outras funções.

Comércio Exterior: Saiba tudo sobre esse mercado gigantesco!

Talvez você tenha lido todo esse artigo, mas ainda está se perguntando se realmente vale a pena investir na carreira. É claro que não podemos fazer essa escolha por você, mas agora pretendemos mostrar um pouco do crescimento desse mercado e sua importância. Quanto mais esse ramo, já gigantesco, cresce, mais profissionais ele demanda.  

Na imagem acima, por exemplo, vemos o total em milhões de dólares de exportação e importação brasileiras, e os números estão aumentando a cada ano. 

Nesse ano, a Associação de Comércio Exterior do Brasil previu um aumento de 28,7% de exportações em relação a 2020 e expansão de 27,1% comparado ao mesmo ano de importações. Essa expansão das exportações, segundo a mesma organização, tenderia a gerar um superávit recorde e um consequente reflexo positivo no PIB.

Apesar de termos visto com a pandemia um momento crítico no comércio exterior, conseguimos ver também a tamanha importância dele e como é possível essa recuperação rápida das exportações e importações. 

Com as importações e exportações subindo a cada dia e com novos parceiros comerciais, o Brasil pode melhorar ainda mais no comércio exterior e demandar sempre novos profissionais qualificados para a área. 

Sair da versão mobile