Planejamento tributário para 2019: 5 dicas de como fazê-lo

Você já elaborou um planejamento tributário para 2019? Em um país com uma carga tributária tão complexa como o Brasil, lidar com todas as obrigações legais pode causar muita dor de cabeça para os empresários. Por esse motivo, é preciso que exista um acompanhamento especial para garantir que todos os tributos sejam recolhidos.

Com tantos tributos diferentes e mudanças constantes na legislação, é essencial ter um bom planejamento para servir como guia. Caso contrário, podem ocorrer diversas situações nada agradáveis – como o esquecimento da data de vencimento para o recolhimento de um imposto, o pagamento de valores maiores do que o necessário ou a incidência de multas e outras penalidades.

Além de ajudar a evitar essas situações, o planejamento tributário ainda garante a escolha do melhor regime tributário e o aproveitamento de todos os incentivos disponibilizados. Trata-se de uma ótima forma de diminuir a complexidade das obrigações fiscais e reduzir as despesas do seu negócio.

Quer descobrir como colocar um planejamento tributário em prática na sua empresa em 2019? Então confira neste artigo 5 dicas que vão ajudá-lo.

Os benefícios de um bom planejamento tributário

O planejamento tributário consiste em um estudo completo sobre todos os tributos que incidem sobre as operações de uma empresa. O objetivo é identificar formas de conseguir a redução dos custos nos pagamentos dos tributos e diminuir a complexidade desses processos. Quando essa rotina é colocada em prática, diversos benefícios podem ser aproveitados:

  • Definição do melhor regime tributário de acordo com as características da sua empresa;
  • Redução dos custos com o pagamento de tributos;
  • Eliminação de situações de autuação por não cumprimento das obrigações tributárias;
  • Realização de um orçamento anual incluindo todas as despesas tributárias – auxiliando na gestão financeira;
  • Aproveitamento dos incentivos fiscais existentes para o seu negócio;
  • Aumento da competitividade da empresa no mercado com o uso dos recursos economizados.

5 dicas de como fazer um planejamento tributário

Para fazer um planejamento tributário para 2019 será necessário fazer um estudo completo sobre vários aspectos que interferem no recolhimento dos tributos do seu negócio. Separamos 5 dicas para ajudá-lo nesse processo:

1. Reúna informações sobre a sua empresa

Comece reunindo o máximo de informações sobre a sua empresa: atividades desenvolvidas, faturamento dos últimos períodos, despesas com funcionários, principais tributos pagos, análise do fluxo de caixa, ciclo operacional, estrutura de capital, entre outras. Todos esses dados influenciam diretamente na escolha do melhor regime tributário para minimizar os custos.

2. Analise a tributação atual

Em qual regime tributário a sua empresa está inserida atualmente? Quais foram os gastos com tributos no último período? Foi aproveitado algum incentivo fiscal? Essa análise sobre a tributação adotada atualmente é fundamental para que seja possível realizar uma comparação com outras alternativas.

3. Acompanhe a legislação tributária

A sua empresa pode ser enquadrada no Simples Nacional? Você conhece quais são as principais alternativas de regimes tributários para o seu negócio? Estudar as particularidades de cada uma das suas alternativas pode ser um exercício muito produtivo para encontrar os melhores caminhos para a sua empresa.

4. Crie cenários de simulação

Um planejamento tributário eficiente passa pela criação de diversos cenários para que você possa comparar os seus resultados. Com base nos resultados projetados para 2019, calcule quais seriam as despesas tributárias em cada um dos principais regimes tributários. A partir dessas simulações, você consegue visualizar as opções mais vantajosas.

5. Adote o uso de tecnologias fiscais

Todo o planejamento tributário pode se tornar mais simples e eficiente com o uso de tecnologias fiscais que facilitam o acesso às informações tributárias e auxiliam no processo de análise. As principais informações fiscais da sua empresa podem ser encontradas em uma mesma plataforma.

Você gostou das dicas para fazer um planejamento tributário para 2019? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe o seu comentário!