Dicas do CEO: Série Produtividade – Decisões por impulso

Tempo de Leitura 2 Minutos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Olá! Você sabia que, todos os dias, você toma aproximadamente 35 mil decisões?

São micro decisões como a forma de escovar os dentes, se vai usar verde ou azul, sapato ou tênis, etc. Todas essas micro decisões são tomadas, em sua grande maioria, por hábitos que temos e não decisões pensadas. E isso é natural, pois seria impossível tomar decisões conscientes de tudo que fazemos. Seria extremamente fatigante para o cérebro.

Então, se não estamos exatamente no controle da maioria de nossas decisões, como deliberadamente podemos tomar decisões que nos levem a nos tornar seres humanos mais produtivos?

Ao longo das próximas semanas quero lhe passar algumas dicas que uso para aumentar minha produtividade. Penso que o CEO tem uma grande responsabilidade na empresa. Não somente para direcionar a estratégia da empresa, o CEO é o grande guardião da cultura da empresa. Se o CEO não adota para si uma cultura e postura de produtividade, dificilmente sua equipe adotará.

Dica de hoje: decisões por impulso

Nosso cérebro funciona como um músculo. E como tal, ele se fadiga. Somos programados para economizar energia, por isso criamos hábitos. No geral, as micro decisões que tomamos por hábito são decisões que não cansam nosso cérebro, enquanto as decisões que tomamos de forma deliberada cansam.

Imagine um longo dia de trabalho onde você tenha uma série de decisões a tomar. Você recebe uma ligação importante de trabalho logo cedo, participa de diversas reuniões com clientes, etc. Sem dúvidas, foi um dia cansativo para seu cérebro.

Após um dia como esse, com seu cérebro cansado, você está muito propenso a tomar decisões erradas. Como um músculo fadigado, seu cérebro vai funcionar de forma a se livrar do problema mais rápido, e assim você tomará decisões menos racionais e mais impulsivas.

Sendo assim, a dica é: faça suas tarefas mais importantes logo no início do dia, quando seu cérebro está menos cansado.

Outra atividade que cansa seu cérebro é a fadiga do autocontrole. Por exemplo, quando você está fazendo uma dieta, você “gasta” seu autocontrole. Nesse período, você está mais disposto a tomar decisões ruins.

Mas Eduardo, você está me dizendo que não posso “gastar” meu autocontrole ou minhas decisões com mais nada? Devo guardá-lo para momentos importantes? Claro que não. É por isso que, na próxima semana, vou mostrar um hack para aumentar seu autocontrole e sua capacidade de tomar decisões. Lembre que, na nossa analogia de comparar o cérebro a um músculo, podemos imaginar que é possível treinar nosso cérebro para se tornar mais forte e resistente.

Até a próxima semana!

Powered by Rock Convert

Não esqueça de compartilhar esse post!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no print
banner news

Siga a Mainô nas redes

2
Deixe um comentário

1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marília Tonini Tiene

Muito bom! Fiquei curiosa para o próximo hack!!! Parabéns!

Obrigado por se cadastrar!