Endereçamento logístico: tudo o que você precisa saber

Tempo de Leitura 2 Minutos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O endereçamento logístico permite que os produtos do estoque de uma empresa sejam localizados mais facilmente pelos funcionários.

Além disso, esse sistema torna mais simples o controle de entrada e saída de mercadorias, uma vez que determina que os produtos de alto giro fiquem próximos à área de entrada e saída.

Mas como funciona o endereçamento logístico? É o que você vai entender melhor agora! Acompanhe!

Como funciona o endereçamento logístico?

O endereçamento logístico pode ser entendido como o “endereço” de um produto no estoque de uma empresa. Nesse sistema as ruas são os corredores, o número do prédio corresponde a numeração das colunas, o nível corresponde ao andar e as sequências correspondem ao número de um apartamento.

Como é feito o endereçamento logístico?

O endereçamento logístico não deve usar letras, mas sim números. Por exemplo, se um funcionário estiver no corredor 10 e precisar ir para o corredor 20, saberá imediatamente que precisa deslocar-se por 10 corredores.

Mas, se ao contrário estiver no corredor F e precisar chegar ao corredor P demorará mais tempo para saber por quantos corredores precisará deslocar-se.

A seguir classificaremos cada item do endereçamento. Confira.

1. Área

O número de áreas de um armazém varia de acordo com o seu tamanho – empresas pequenas podem ter somente uma ou duas áreas, já empresas de grande porte podem ser compostas de diversas áreas.

Nesse caso, é preciso estabelecer diferentes códigos para cada área de armazenagem, mantendo uma sequência crescente para numerar os corredores.

2. Ruas

Os corredores de um armazém devem formar uma sequência numérica. O corredor 1 deve ficar próximo ao local de recebimento e do envio de mercadorias.

3. Módulo

Os módulos são os “edifícios” de um endereçamento logístico e correspondem ao espaço de armazenagem localizado entre duas colunas de um porta-palete.

Cada corredor deve ser preenchido por módulos dos dois lados. Os módulos do lado direito devem ser de numeração par e os do lado esquerdo de numeração ímpar, como acontece nas ruas de uma cidade.

4. Nível

Cada nível corresponde ao andar de um prédio e deve ser numerado em ordem crescente, começando pelo nível mais baixo.

5. Sequência

A sequência equivale a um apartamento e corresponde a cada boxe ou vão de armazenamento.  Depois de numerar todo o espaço físico do armazém é preciso estabelecer o endereço de cada item.

O sistema de localização permitirá que os itens sejam encontrados mais facilmente, uma vez que todas as áreas são organizadas de uma mesma maneira. O investimento destinado ao endereçamento logístico será rapidamente recuperado pois, todo o processo de armazenamento e expedição de mercadorias será otimizado.

Ao fazer o endereçamento, certifique-se de colocar os produtos de menor giro em locais mais afastados e os produtos campeões de venda mais próximos à área de saída. Isso evitará que o tempo de deslocamento dos funcionários dentro do estoque não seja ampliado na procura dos itens de maior giro.

Você já conhecia o endereçamento logístico? Que tal automatizar a organização do estoque da sua empresa? Entre em contato conosco agora mesmo!

Powered by Rock Convert

Não esqueça de compartilhar esse post!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no print
banner news

Siga a Mainô nas redes

Deixe um comentário

  Subscribe  
Notify of

Obrigado por se cadastrar!