Produtos parados no estoque: o que fazer

Tempo de Leitura 2 Minutos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Prever a demanda de um produto é uma tarefa difícil e que requer uma base de dados inteligente, além de uma boa experiência para interpretar esses dados e tomar decisões assertivas.

A existência de produtos parados no estoque implica em custos de armazenagem e até prejuízos, caso haja produtos perecíveis que passaram da validade. É possível então reduzir os níveis de estoque e evitar esses excessos?

Afinal, como lidar com produtos parados no estoque? No post de hoje, descubra o que você pode fazer para que esses produtos sejam vendidos a preços rentáveis:

Compreenda o processo para reduzir o número de produtos parados no estoque

A tarefa de gerir um estoque vai muito além de saber quantos produtos disponíveis a empresa tem. Ela envolve alinhar a demanda prevista com a capacidade produtiva da empresa, determinando matéria-prima e mão de obra a serem adquiridas ou já disponíveis.

Além disso, a gestão do estoque também está relacionada ao planejamento das vendas. Portanto, uma alocação de recursos inadequada leva a uma produção além do que o mercado é capaz de absorver. Isso significa mais produtos parados e, consequentemente, dinheiro não movimentado.

Faça das promoções uma vantagem para os clientes e para seu negócio

A solução mais rápida para eliminar estoques é vender seus produtos por um preço mais baixo. No entanto, isso pode aumentar seus gastos com estoque e diminuir a margem de contribuição dos produtos. É preciso, então, buscar promoções inteligentes que não necessariamente devem implicar na redução no preço cobrado. Com elas, é possível criar, inclusive, oportunidades para a venda de um novo produto. Com relação aos descontos, há duas boas formas de usá-los: a primeira é associá-los à aquisição de um produto de linha diferente, como “compre uma geladeira e ganhe 30% de desconto na aquisição de um fogão”. Além disso, você pode oferecer um de seus produtos parados em estoque, como um jogo de panelas para aqueles que comprarem um fogão, por exemplo.

Caso a previsão da demanda não seja eficiente nem seja possível agregar a venda do produto em estoque a outros itens, existe ainda a possibilidade de planejar um momento específico para fazer promoções. Datas comemorativas, como dia das mães, dos pais, crianças e namorados, assim como black friday e trocas de estação do ano, além de acontecerem em dias específicos, são períodos em que as pessoas estão dispostas a gastarem mais. Nessas épocas você pode programar descontos menores e, mesmo assim, garantir vantagens ao cliente e um bom lucro para o seu negócio, em razão do volume de vendas.

Garanta a saúde financeira de sua empresa

Para garantir a saúde financeira de um negócio é preciso controlar indicadores que demonstrem os erros e acertos da gestão. O nível de estoque, seguramente, é um deles: produtos parados representam falhas no planejamento de produção e estratégia de vendas.

Nesse sentido, investir em um software de gestão de estoque é fundamental para encontrar formas de adequá-lo à capacidade produtiva e demandas da empresa, a fim de diminuir custos de armazenamento e perdas de produtos, entre outros problemas causados por erros de gestão de estoque. Além disso, com esses sistemas, as operações da empresa são otimizadas, tornando-a mais competitiva e garantindo sua adaptação às constantes mudanças do mercado.

Powered by Rock Convert

Não esqueça de compartilhar esse post!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no print
banner news

Siga a Mainô nas redes

Deixe um comentário

  Subscribe  
Notify of

Obrigado por se cadastrar!