Como Emitir Nota Fiscal de Armazenagem – CFOP 5905

Tempo de Leitura 1 Minutos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Neste artigo vamos aprender a emitir uma nota fiscal de armazenagem. Abordaremos principalmente questões como: qual CFOP utilizar, natureza da operação, como as informações de ICMS, IPI, PIS e COFINS devem ser enviadas, além das informações complementares necessárias.

amarelo, arcas, armazém

Quando a nota fiscal de armazenagem deve ser utilizada?

É necessário emitir uma nota fiscal de remessa para armazenagem (ou apenas nota fiscal de armazenagem) sempre que a empresa emitente necessitar remeter mercadorias para um armazém geral.

Características da nota fiscal

características da nota fiscal de armazenagem

CFOP 5905 ou CFOP 6905: qual utilizar?

O CFOP 5905 deve ser utilizado quando o armazém estiver situado no mesmo estado da empresa emitente. Já o CFOP 6905 deve ser utilizado quando o armazém estiver situado em outro estado.

>> Leia Também: Tabela de CFOPs e seus prefixos <<

CFOP 1905 ou CFOP 2905 para dar entrada no armazém

Caso sua empresa seja um armazém e receba uma nota fiscal com CFOP 5905 ou CFOP 6905, deve-se lançar a nota fiscal emitida pelo cliente como entrada de mercadoria com o CFOP 1905 ou CFOP 2905 respectivamente.

O que fazer quando o cliente solicitar o retorno das mercadorias.

Quando o cliente solicitar o retorno das mercadorias, o armazém deverá remeter uma nota fiscal de saída com o CFOP 5906 ou CFOP 6906, além de mencionar nas informações complementares: “Devolução (parcial ou total) da NF-e nº [série]/[número], de __/__/____, no valor de R$ __________.

Leia aqui: Como emitir uma nota fiscal de retorno de Armazenagem

Como dar entrada nas mercadorias retornadas pelo armazém?

Quando o armazém retornar as mercadorias para a empresa, está deverá escriturar as notas fiscais que foram recebidas com CFOP 5906 ou CFOP 6906, com os CFOPs 1906 e 2906 respectivamente.

Quer saber em menos de 3 minutos, como fazer uma NF-e de armazenagem? E saber porque o sistema Mainô é mais rápido e simples do que qualquer outro sistema? Assista o vídeo abaixo!

Sobrou alguma dúvida sobre a emissão da nota de armazenagem? Posta nos comentários que responderemos.

Até a próxima!

 

Não esqueça de compartilhar esse post!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no print
banner news

Siga a Mainô nas redes

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
HUGO
2 anos atrás

SOU UM DISTRIBUIDOR DE UMA INDUSTRIA, HOJE COMPRO DA INDUSTRIA, VENDO E ENTREGO OS PRODUTOS E ESTOU PESQUISANDO COMO FICAR MAIS COMPETITIVO NO MERCADO E VI A POSSIBILIDADE DE ME TORNAR UM BROKER DA INDUSTRIA ONDE POSSO CONTINUAR FAZENDO O MESMO TRABALHO (VENDA, ENTREGA) MAIS COM UM DIFERENÇA FATURAR DIRETO DA FABRICA PARA O VAREJISTA. A DUVIDA É COMO FAÇO CONTABILMENTE FALANDO PARA ARMAZENAR ESSA MERCADORIA FORA DAS DEPENDENCIAS DA INDUSTRIA? NF DE REMESSA PRA VENDA PRONTA ENTREGA? NF DE REMESSA DE ARMAZENAGEM?

Wallace
1 ano atrás

Quando o Armazém fica impossibilitado de emitir nota fiscal, eu posso emitir uma nota fiscal de retorno de Armazenagem?

Admin
1 ano atrás
Reply to  Wallace

Olá, Wallace!
O aconselhado é o seu armazém emitir a nota de retorno para a sua empresa. Mas, você pode fazer uma nota de retorno também, se atentando ao CFOP utilizado que justifica o retorno de armazenagem.

amanda frias santos
1 ano atrás

Empresa lucro real, exportadora, remete produto para armazem fechado fora do estado de MG(para ES), para posterior exportação, devo imitir 6905 com ICMS? e depois eles vão emitir 6906 com retorno so que com 12% e a nossa nota foi com 7%, como proceder?

Obrigado por se cadastrar!