Dia do importador: Entenda a importância e a história desta data!

Tempo de Leitura 2 Minutos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

No dia 29 de outubro de 1992 o Brasil comemora o dia do importador. Ele deixou para trás um legado ruim: A lei de reserva de mercado. Essa lei foi publicada nos últimos dias do governo militar e determinava a proibição da importação de bens e tecnologias por 8 anos. Esta foi uma tentativa de melhorar e desenvolver o mercado interno, mas na realidade, isso não funcionou como o esperado. 

Hoje sabemos que a importação é extremamente importante para o desenvolvimento da economia, mas durante um bom tempo, o país ficou estagnado por conta dessa determinação governamental. O processo de internacionalização, iniciado em 29 de outubro de 1992 fez nossa economia melhorar, de forma tímida, mas ainda assim eficaz. Ou seja, a liberalização da economia proporcionou o acesso a novas tecnologias e informações. 

Muitas pessoas ainda têm um preconceito a respeito da importação, mas ela é essencial, relevante e crucial para o desenvolvimento, afinal, nenhum país produz tudo aquilo que consome. Dessa forma, a importação:

  • Expande mercado
  • Aumenta as oportunidades de consumo
  • Melhora a qualidade dos serviços e matéria prima
  • Cria novas condições de trabalho
  • Proporciona oportunidades de exportação

Como o fechamento de mercado atrapalha um país?

Como já vimos, nenhum país pode produzir tudo o que consome e, por isso, o ideal é que haja essa troca de produtos para fazer a economia girar. Isso faz com que a capacidade de consumo dos países aumente. As exportações sozinhas não trazem bons resultados, ou seja, elas precisam estar alinhadas e equiparadas às importações. Elas são eficazes quando agem como moeda de troca e proporcionam alianças interessantes que possam virar trocas comerciais entre países. 

Powered by Rock Convert

Dessa forma, o fechamento de mercado atrapalha o país por:

  • Impedir o crescimento saudável da economia local
  • Impossibilitar parcerias comerciais
  • Aumentar os custos de produção interna

Manifesto da Mainô: Dia do importador

Importar é muito mais que trazer mercadorias de outro país. É dar ao povo acesso a produtos e serviços melhores, ou mais baratos. É trazer recursos e tecnologias inovadoras que aumentam a produtividade das nossas empresas. É conectar o Brasil ao mundo e promover seu progresso.

Quase sempre é difícil. Excesso de burocracias e barreiras, taxas, tarifas e impostos. Às exportações, o estímulo. Às importações, as restrições. O Brasil já experimentou as restrições às importações uma vez, e o resultado foi retrocesso, atraso tecnológico e definhamento da competitividade.

Felizmente, dia 29/10/1992, as restrições encerraram e o Brasil retomou o caminho do progresso. Que o dia do importador lembre a sociedade das consequências dessas políticas e provoque uma reflexão à maior abertura do Brasil às importações.

Aos importadores, parabéns pelo seu dia.

Gostou deste artigo? Pensando na importância desta data para o Brasil e, principalmente, na importância do importador para nossa economia, criamos uma página especial para comemorar o dia do importador. Não deixe de conferir clicando aqui!

dia do importador
dia do importador
Powered by Rock Convert

Não esqueça de compartilhar esse post!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no print
banner news

Siga a Mainô nas redes

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Obrigado por se cadastrar!