Como adaptar a DRE ao seu plano de contas

Tempo de Leitura 3 Minutos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A DRE é uma importante demonstração financeira para as empresas. Além de ser uma das declarações obrigatórias, também é uma fonte de informações determinante para uma compreensão sobre os resultados conquistados — impactando na tomada de decisão.

Porém, nem sempre organizar essas informações é uma tarefa simples. Conforme a complexidade das operações da empresa, pode se tornar complicado manter controle sobre todas as contas. Além disso, precisamos considerar que um plano de contas engessado não traz ao financeiro, a clareza a respeito do seu faturamento ou lucratividade.

Porém, é possível adaptar a DRE ao seu plano de contas com auxílio da tecnologia. E o sistema da Mainô pode ajudá-lo nessa missão.

Dre no plano de contas

Qual é o papel do plano de contas?

O plano de contas é uma relação de códigos e de classificações que representam os eventos e movimentações econômicas e financeiras que acontecem durante as atividades e operações de uma empresa.

Trata-se de um mecanismo usado para registrar todas as movimentações de uma empresa no dia a dia. Além disso, as informações do plano de contas serão a base para estruturar relatórios contábeis como o Balanço Patrimonial (BP) e a Demonstração do Resultado do Exercício (DRE).

Na prática, o plano de contas é estruturado com base em cinco grandes grupos:

  • Ativo – contas devedoras.

  • Passivo – contas credoras.

  • Custos – contas devedoras.

  • Despesas – contas devedoras.

  • Receitas – contas credoras.

É a partir dessas informações que são feitos os registros contábeis. Se a sua empresa efetua uma venda, é preciso registrar a saída das mercadorias do estoque, a entrada do dinheiro no caixa e a receita obtida pela operação. Será de acordo com as movimentações de cada uma das contas de resultado que a DRE será construída.

A importância da DRE

A DRE é um relatório contábil que representa o resumo financeiro dos resultados operacionais e não operacionais do seu negócio. Na prática, ele evidencia se a sua empresa está gerando um lucro ou prejuízo em um determinado período.

Essa é uma declaração obrigatória para muitas empresas brasileiras. Por isso, todas as movimentações devem ser registradas corretamente — incluindo os impostos e tributos recolhidos que precisam ser lançados.

Porém, a DRE vai além do cumprimento das exigências contábeis e fiscais. Ter esse controle é essencial também para avaliar a saúde financeira da sua empresa e usar essas informações para tomar decisões importantes para o futuro do seu negócio.

É possível fazer uma análise das informações da DRE para compreender melhor a origem do lucro (ou prejuízo) da empresa e encontrar aspectos que podem ser melhorados para o futuro.

Veja como é a estrutura base da DRE e quais são as principais informações que você encontra nesse relatório:

(+) Receita com vendas.
(-) Deduções e abatimentos.
(=) Receita Líquida.
(-) Custos de vendas.
(=) Lucro Bruto.
(-) Despesas administrativas.
(-) Despesas com as vendas.
(-) Despesas financeiras.
(=) Resultado Antes do IRPJ e da CSLL.
(-) Abatimentos do IRPJ e da CSLL.
(=) Resultado Líquido.

Como adaptar a DRE ao seu plano de contas?

A DRE é uma declaração importante para qualquer negócio. Porém, para que seja realmente eficiente é fundamental que as informações inseridas estejam corretas.

Todo o controle da DRE é com base nos planos de contas usados pela sua empresa – como os planos de receitas, despesas e lucro-prejuízo. Ou seja, é preciso que a DRE consiga se adaptar ao seu plano de contas.

Com o sistema Mainô você pode ter mais controle do financeiro através do plano de contas. É possível cadastrar os planos de contas no sistema e, com os lançamentos financeiro relacionados aos planos de contas, você pode editar a DRE associando o plano de contas que deseja em cada linha do relatório.

Com o relatório gerado pelo sistema Mainô, a sua empresa pode adaptar a DRE ao seu plano de contas. O sistema permite flexibilidade e assertividade a respeito das suas receitas, custos, lucro etc. Trata-se de mais praticidade para organizar suas informações financeiras e cumprir todas as exigências legais.

Você já sabia como adaptar a DRE ao seu plano de contas? Quer conhecer melhor as funcionalidades do sistema Mainô? Então visite nossa página.

Não esqueça de compartilhar esse post!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no print
banner news

Siga a Mainô nas redes

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Obrigado por se cadastrar!