Tipos de exportação: conheça as opções para seu negócio

Tempo de Leitura 3 Minutos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Tipos de exportação: com o aprofundamento nas relações econômicas que hoje a globalização nos trouxe e o aumento de informações, as empresas precisam se modernizar e conquistar novos mercados, para conseguir crescer e atingir os seus objetivos. Muitas encontram essa oportunidade através da exportação de mercadoria, pois assim podem diversificar a sua operação alcançando clientes e mercados que não teriam contato em território nacional.

Hoje vamos conhecer um pouco sobre dois tipos de exportação, em quais situações cada uma é utilizada e como podem ser aplicadas na sua empresa.

Mas o que seria Exportação? 

A exportação é atividade de venda, envio ou doação de produtos, bens e serviços de um determinado país para outro. Todo produto ou serviço com destino ao exterior podemos chamar de exportação, diferente da importação que os produtos são adquiridos fora do país. A relação entre esses dois conceitos é importante, pois eles são usados para medir a balança comercial do pais, que seria o resultado do valor das exportações de um país, subtraído o valor das suas importações.

Sem mais delongas, quais são os tipos de exportação? 

Basicamente são esses, exportação direta e indireta. Quem pensa em trabalhar nessa área, precisa conhecer sobre essas duas operações, pois podem fazer toda a diferença no seu negócio.

Exportação direta: 

A exportação direta é quando o próprio fabricante do produto, faz a venda para um cliente do exterior. Toda a logística internacional, trâmites burocráticos e embarque do material, são responsabilidade da empresa que está exportando o produto, por isso, esse tipo de exportação costuma ser feita por empresas que tenham uma estrutura maior e conhecimento sobre a área. 

A vantagem dessa  operação é o contato direto com o cliente, possibilitando uma maior diversidade nas negociações. Ou seja, a própria empresa é responsável por toda a exportação, desde a compra até o momento de exportar a mercadoria para outro país. 

Nesta modalidade existem também benefícios fiscais, pois os produtos são isentos de IPI, e não tem incidência do ICMS. Os créditos fiscais dos insumos utilizados na elaboração do produto podem ser utilizados.

Powered by Rock Convert

Vantagens:

  • O produto exportado é isento do IPI, e não ocorre a incidência do ICMS;
  • Contato direto com o cliente;

  • Maior controle do fluxo logístico;

  • Pode terceirizar diversas partes do processo, ganhando assim mais eficiência. 

Exportação indireta:

A exportação indireta se define quando a venda é feita em território nacional, para uma  empresa que vai cuidar do processo de exportação, geralmente uma trading ou uma comercial exportadora. Essas empresas adquirem o produto e fazem a revenda, optando por essas operações de pequenas empresas, dessa forma, não precisam se preocupar com toda a burocracia que é necessária e conseguem realizar a exportação de maneira mais simples e prática. 

Esse tipo de operação não exige tanta preocupação do exportador, pois todo processo é feito por uma empresa terceira.Apesar disso, o fabricante do produto não tem o controle sobre a sua mercadoria, e não consegue saber qual o mercado o seu produto está atingindo e como o consumidor final vê a sua mercadoria. 

A exportação indireta mesmo sendo realizada por meio de uma trading (empresa comercial exportadora) e consórcios de exportação é equivalente à exportação direta, para efeito de isenção do IPI e do ICMS.

Vantagens:

  • Maior praticidade e simplicidade, pois todo o processo é terceirizado;
  • Diminui o risco de erros da operação;
  • Benefícios de IPI e ICMS, pois se trata de uma exportação.

Tipos de exportação: quais os benefícios?

Os benéficos da exportação são inúmeros, como o aumento do seu market share, pois sua empresa está alcançando novos mercados e expandindo a operação, diminuição da dependência do mercado nacional, pois em momentos de crises você tem uma maior diversificação do seu negócio, além de todos os benefícios fiscais que a exportação oferece.

As duas formas de exportar tem seus benefícios, sendo utilizadas da maneira correta, podem proporcionar uma grande vantagem estratégica e competitiva. A cada dia mais pessoas buscam conhecer sobre esse assunto, gerando mais produtividade para a sua empresa e consequentemente a melhoria de todo o mercado nacional.

Por isso, a Mainô é adaptada para esses dois  tipos de operações, com o software você consegue realizar operações de importação e exportação, de forma rápida, prática, segura e ainda te auxiliamos em toda a gestão de sua empresa. 

Ficou interessado? Acesse nosso site e conheça nosso sistema de gestão para exportadoras!

Não esqueça de compartilhar esse post!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no print
banner news

Siga a Mainô nas redes

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Obrigado por se cadastrar!